CRUZEIROS

6 Dicas para POUPAR quando se compra uma VIAGEM DE CRUZEIRO

Cada vez mais os cruzeiros estão na moda!

Os preconceitos começam a cair e os turistas estão a dar oportunidades aos cruzeiros.

Mas, ainda há quem pense que uma viagem de cruzeiro é estupidamente cara.

E até pode ser, depende do destino, da companhia, do tipo de experiência, da cabine, dos dias… enfim, é como em tudo!

Porém, as pessoas com quem tenho falado sobre cruzeiros, continuam a ter algumas reservas, nomeadamente no que toca ao valor.

O turismo em cruzeiro tem vindo a crescer quer em Portugal, quer no mundo e as companhias de cruzeiros começam a ter cada vez mais soluções e ofertas para todo o tipo de público e consequentemente para todo o tipo de bolsos.

Por isso, hoje partilho 6 dicas muito importantes a ter em conta quando se compra uma viagem de cruzeiro.

 

Dica #1 ANTECEDÊNCIA

Marcar um cruzeiro com antecedência garante que se consiga reservar uma cabine a um valor mais baixo.

E obviamente garante que se consiga reserva no cruzeiro que desejamos muito fazer.

Há pessoas que não se importam de ficar alojados numa cabine interior a um valor mais baixo, e por isso, essas cabines normalmente são as primeiras a esgotar.

 

Dica # 2 ÉPOCA BAIXA

Como em todo o tipo de turismo, também nos cruzeiros a época alta é a época mais cara.

Por isso, o ideal para valores mais simpáticos é marcar cruzeiros fora da época alta.

Há muitas ofertas interessantes fora da época alta, se quiserem um post sobre isso, deixem aqui nos comentários!

 

Dica #3 VOO

Quando se marca um cruzeiro temos que estar atentos ao porto de embarque e fazer contas.

Normalmente a companhia de cruzeiros disponibiliza o preço apenas do cruzeiro e também o preço do cruzeiro + voos.

Caso não se pretenda ficar na cidade do porto de embarque ou de desembarque, convém fazer contas e ver qual a opção mais barata.

Por vezes há promoções em companhias low cost, que voam para várias cidades na Europa com portos onde param cruzeiros, que compensa comprar em separado do cruzeiro.

Porém, há que saber que, quando se compra cruzeiro e voo directamente com a companhia de cruzeiros, eles sabem que estamos no tal voo e se houver um atraso ou cancelamento é mais fácil de gerir com eles.

Caso contrário, estamos por nossa conta e risco.

 

Dica #4 CRIANÇAS E AVÓS

Quem viajar com crianças e com pessoas “mais maduras” estejam atentos junto da vossa agências de viagens, porque há cruzeiros com descontos para estes dois tipos de público e há inclusivamente destinos com crianças gratuitas.

Peçam esta informação junto da vossa agência de viagens que, assim, poupam muito dinheiro!

 

Dica #5 A BORDO

É normal de quem faz cruzeiros se apaixonar completamente que só pensa fazer o próximo!

Aconteceu comigo e acredito que deve ter acontecido com muitas pessoas!

Por isso, é frequente existir algumas promoções de cruzeiros futuros a bordo.

Estejam atentos, levem já alguns destinos debaixo de olho, tenham algum dinheiro de parte e aproveitem as promoções!

 

Dica #6 LAST MINUTE

Abençoado seja quem inventou o last minute! 🙂

Para pessoas que gostam de organizar tudo com tempo, como eu, nem sempre esta opção é real, mas, confesso que já tive férias inesperadas de última hora, onde me soube pela vida apanhar uma promoção destas!

Estejam atentos aos sites das companhias de cruzeiro e das agências de viagem, subscrevam as newsletters e assim é fácil estarem em cima dos acontecimentos.

Já agora, subscrevam também aqui a newsletter do blog, todos os meses, há uma newsletter exclusiva só de cruzeiros!

Fora esse tipo de promoções, também há tarifas com bebidas incluídas ou outro tipo de orfertas, por isso, é estar atento que se consegue preços muito simpáticos.

 

Estas são as 6 dicas que considero mais importantes na hora de reservar e comprar um cruzeiro.

Depois irei partilhar dicas de como poupar a bordo, mas isso fica para outro post.

Primeiro ficam as dicas de comprar a viagem de cruzeiro e depois partilharei as dicas de como não rebentar o orçamento todo a bordo!

Já falei nisto anteriormente, mas o valor do cruzeiro inclui alojamento, alimentação (restaurantes e buffet) e um sem fim de actividades, se fizerem bem as contas, repararão o valor final não é o exagero que tanto se pensa.

 

Ate já!

 

Créditos da fotografia de destaque: Wikipédia

 

Mais posts sobre CRUZEIROS aqui:

Porque deve fazer um CRUZEIRO nas próximas férias?

5 Cruzeiros que ainda pode fazer neste Verão

Principais Companhias de CRUZEIRO

Mas afinal os CRUZEIROS são ou não são para mim?

24 Dicas Imprescindíveis para fazer o PRIMEIRO CRUZEIRO

CRUZEIROS | Rotas mais NAVEGADAS

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

One Comment

  • Maria Fernanda carvalho

    Adorei ler estes concelhos tão práticos,e tão bons!!pois por vezes pensamos sempre ao contrário,muitos parabéns ao ateja.obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *