CRUZEIROS

Porque deve fazer um CRUZEIRO nas próximas férias?

Fizeram-me esta pergunta há uns dias e pensei que daria um conteúdo útil.

Eu tenho uma relação de amor com cruzeiros!

Foi quase (não fosse a fobia Titanic) amor à primeira vista.

Um dia conto-vos como comecei a fazer cruzeiros.

Mas hoje quero dar-vos alguns motivos que acredito serem importantes na hora de escolher como serão as próximas férias.

A marcação das férias tem que ter sempre em conta vários factores.

O orçamento, a altura do ano, o tipo de férias que se pretende, as prioridades e gostos de cada um.

No entanto, sempre que me questionam sobre as vantagens de se fazer um cruzeiro eu inúmero estas 10 que acredito serem bons motivos para entrarmos na vida a bordo!

 

#1 Vários Destinos

Fazer um cruzeiro significa que vamos conhecer várias cidades e até vários países. Caso a rota tenha vários locais que sempre quiseram conhecer, nada melhor que fazer um cruzeiro para as conhecer a todas de uma vez. E isto tudo sem a chatice de fazer check-in em vários hotéis ou esperar vários voos.

 

#2 Preço

Quando se adquire um cruzeiro, paga-se pela viagem, alojamento e refeições. Fica tudo incluído no preço. Claro que depois poderão haver despesas extra, como bebidas, compras a bordo, gorjetas e outros. Mas o valor que pagam é pela viagem, alojamento e refeições.

 

#3 Entretenimento

Por vezes no dia-a-dia da nossa vida ocupada e stressada é difícil arranjarmos tempo para fazer tudo o que gostaríamos. A bordo conseguimos assistir a vários momentos de entretenimento, como peças de teatro, magia, acrobacia, música e dança. Para quem gosta de piscina também encontra vários divertimentos e para os amantes do jogos, o casino está à vossa espera!

 

#4 Gastronomia

Outra coisa boa que se pode fazer em cruzeiros é experimentar várias culturas na gastronomia. É fácil sairmos da nossa zona de conforto e experimentar iguarias dos quatro cantos do mundo.

 

#5 Mimos

Vamos já desmistificar que a vida a bordo é um tédio, porque não é!

Durante os dias de navegação para além de um extenso programa de actividades, há também a opção de ir ao Spa, à biblioteca, cinema, ginásio ou fazer compras. É certo que todas estas opções (excepto o ginásio) têm custo extra, mas uma vez não são vezes e uma massagem em alto mar com uma vista de oceano é impagável!

 

#6 Dias Diferentes

Acordar todos os dias com uma vista magnífica em sítios diferentes é um privilégio de quem faz cruzeiros.

A surpresa de tomar o pequeno-almoço a chegar a um sítio lindo, porém desconhecido, é das coisas que mais gosto nos cruzeiros.

 

#7 Para Todos

Fazer cruzeiros é para todos! Para as pessoas mais novas, em lua-de-mel, em grupo, em família, com ou sem crianças, para idosos, para pessoas com mobilidade reduzida. É efetivamente para todos e ninguém é excluído!

 

#8 Sem Complicações

O bom de fazer cruzeiros com companhias muito “batidas” no mercado é que eles têm anos de experiência e como tal, tudo (ou quase tudo) funciona às mil maravilhas. Embarques e desembarques rápidos e nada de burocracias chatas nos portos.

Também a bordo não há complicações.

Quando se chega e se faz o check-in e embarque é nos dado um cartão que posteriormente será associado o nosso cartão de crédito ou outro método de pagamento e será sempre esse cartão o usado para nos identificar e para qualquer pagamento a bordo. Não há cartões de identificação nem dinheiro, sempre com esse cartão.

 

#9 Pessoas do Mundo

Há cruzeiros onde há vários dias a bordo e é fácil partilhar uma mesa para beber um café com alguém do Japão, do Brasil, da Itália ou até dos Estados Unidos. E acaba sempre por nos enriquecer culturalmente a partilha. Mesmo que não se domine a língua, dá sempre para nos entendermos.

Eu já perdi a conta à quantidade de pessoas tão interessantes e queridas dos quatro cantos do mundo que fui conhecendo a bordo.

 

#10 Segurança

Segurança é uma coisa que privilegio muito. Já apanhei alguns sustos na vida, por isso, se me sentir segura, as férias correm muito melhor.

Fazer viagem de cruzeiro é tudo muito controlado, quando estamos a bordo há câmaras de vigilância em vários locais e sempre seguranças a vigiar. Quando saímos para a rua, se formos em excursão com a empresa de cruzeiro (pagamento à parte) eles estão sempre a controlar que estamos todos e que chegamos todos ao navio para embarcar novamente.

Agora quando vamos por nossa conta e risco, temos que assumir essa responsabilidade.

 

Agora claro que também há desvantagens!

Não dá para agradar a todos, até porque, se fossemos todos iguais isto não teria a mínima piada!

No entanto, deixarei as desvantagens para outro post que este já vai longo!

 

Créditos da fotografia: Gapyear

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *