DESTINOS,  ROTEIROS & DICAS

Portugal | 5 PARAÍSOS à beira-mar (longe das confusões)

Quando começamos a viajar mais, conhecemos pessoas de todo o mundo e trocamos contactos.

E sempre que vamos visitar os países uns dos outros, pedimos umas dicas.

E foi isso que a Sarah e o Ed fizeram!

Enviaram-me um Whatsapp a pedir dicas sobre paraísos em Portugal situados à beira-mar, mas fora das grandes loucuras, ou seja, fora de Lisboa, Porto ou Algarve.

Então decidi aproveitar e transformar a resposta num conteúdo para partilhar aqui o blog.

Pode ser útil a mais pessoas que queiram visitar o nosso lindo país!

Então, de norte a sul, aqui estão 5 paraísos à beira-mar:

 

#1 Viana do Castelo

Viana do Castelo é capital distrito e é uma das mais bonitas cidades do norte de Portugal e cada vez mais visitada pelos portugueses e estrangeiros.

É considerada uma das cidades portuguesas com mais ligação ao mar, quer pela pesca do bacalhau, quer pela sua grande importância nos Descobrimentos Portugueses, dado que dos seus estaleiros de Viana saíram naus e caravelas que levaram os portugueses aos confins do Mundo.

Aconchegada entre o rio Lima e o Oceano Atlântico, Viana do Castelo tem uma beleza medieval singular cheia de história.

 

Fonte: Olhar Viana do Castelo

Conhecer o centro histórico de Viana do Castelo é uma experiência incrível, as ruelas e ruas, as fachadas armoriadas, os azulejos, a Matriz medieval, os Antigos Paços do Concelho, a quinhentista Casa da Misericórdia e o Chafariz entre outros.

Subir ao Santuário de Santa Luzia é obrigatório para o deslumbramento total sobre a cidade.

Viana do Castelo e Alto Minho são conhecidos pelos maravilhoso trajes tradicionais e pela filigrana em ouro e em Viana do Castelo há o Museu do Traje onde está exibida uma coleção com os trajes mais incríveis.

 

Fonte: Via Michelin

Viana é também conhecida pela “meca da arquitectura” devido aos muitos e importantes nomes da arquitectura portuguesa contemporânea.

Para jantar é obrigatório que a escolha recaia em peixe ou marisco, a oferta é muito boa.

E por fim, não se pode ir a Viana do Castelo sem viver o mar, de um lado as praias atlânticas com areia fina e dourada, porém água pouco quente, com condições excelentes para a prática de vários desportos náuticos, como o surf, windsurf, kitesurf entre outros.

Do outro lado o Rio Lima que também é óptimo para um passeio de barco ou prática de vela.

 

#2 Figueira da Foz

Figueira da Foz é a segunda maior cidade do distrito de Coimbra, sede do concelho, que fica situada na foz do Rio Mondego com o Oceano Atlântico.

É uma cidade rica em história e cultura e é muito visitada por portugueses e estrangeiros, e tem no turismo um dos principais recursos económicos, é considerada a “Rainha da Costa de Prata” devido à qualidade das praias.

 

Fonte: Turismo do Centro

É um destino balnear para férias em família, mas também para a prática de desportos náuticos.

Com um património histórico e cultural muito rico, é obrigatório visitar as inúmeras igrejas com as suas talhas douradas, o Museu Municipal Dr. Santos Rocha, o Forte de Santa Catarina e a Fortaleza de Buarcos, a Torre do Relógio, o Palácio de Sottomayor, parques, jardins, palacetes, enfim… é só beber da cultura desta cidade.

Para além de mar e rio, também a serra tem destaque nesta cidade! É a Serra da Boa Viagem e ocupa cerca de 400 hectares localizados à saída da Figueira da Foz. Para além da vista incrível para o mar, tem uma passagem pelo Farol do Cabo Mondego onde se pode fazer um piquenique.

 

Fonte: Turismo do Centro

Por fim, as maravilhosas praias da Figueira da Foz, destaco estas duas: Praia da Claridade ou do Relógio, fica à entrada da Figueira da Foz e, apesar de já não ter o tamanho de antigamente, continua a ser uma das mais vastas do país. A Praia do Forte de Santa Catarina, fica situada em frente ao Forte e é conhecida por ter um ambiente familiar e calmo.

 

#3 Peniche

Peniche é uma cidade e sede do concelho do distrito de Leiria.

Apesar de não ser muito grande, é uma cidade com uma beleza invulgar banhada pelo azul do mar e com vistas magníficas do Cabo Carvoeiro sobre todo o litoral.

Peniche é um dos maiores portos de pesca tradicional de Portugal e um grande centro Atlântico de actividades marítimo-turísticas.

 

Fonte: Erasmusu

Podia saltar já para a costa e falar das praias, mas Peniche tem um centro histórico que merece muito uma visita.

Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, Igreja de São Pedro, Igreja da Misericórdia, Forte de Peniche são algumas das pérolas que podem encontrar nesta cidade.

Um dos sítios mais especiais de Portugal fica junto a Peniche, as ilhas Berlengas.

É obrigatório fazer uma visita! É uma reserva natural desde 1981 e Reserva da Biosfera da UNESCO desde o ano de 2011.

Um arroz de marisco, uma caldeirada, um peixe grelhado… imperdível sair de Peniche sem comer um peixinho fresquinho!

 

Fonte: Ncultura

Agora, impossível mesmo é ir a Peniche e não falarmos das praias.

São tantas e tão boas que é difícil escolher a melhor!

Praia da Cova de Alfarroba (também conhecida por Praia da Baía), da Consolação, de Supertubos, do Baleal… entre tantas outras

Pela sua singularidade destaco as praias do Baleal, que devido ao seu formato em península, no lado norte da estreita língua de areia que liga o pontal do Baleal ao continente, quem se encontra na praia pode simultaneamente estar de costas e de frente e para o mar!

É levar a toalha de praia e aproveitar!

 

#4 Sesimbra

Sesimbra é uma vila que pertence ao distrito de Setúbal.

Fica a cerca de 40 km de Lisboa.

A foz do rio Sado, a serra da Arrábida, o cabo Espichel, a lagoa de Albufeira e a praia do Meco fazem parte da paisagem natural de Sesimbra.

Sesimbra tem um encanto especial e não é porque eu gosto muito desta vila, é mesmo pela beleza em si, pelas pessoas, pelas ruas, pela costa…

 

Fonte: Wikiloc

Sesimbra tem uma marginal maravilhosa, cheia de restaurantes com o que de melhor o mar nos dá, tudo fresco e de qualidade!

Mas Sesimbra também é rica culturalmente.

O Castelo de Sesimbra, classificado como Monumento Histórico Nacional Português, é um dos últimos castelos portugueses sobre o mar que ainda mantem o traço da época medieval que merece uma visita e que oferece uma vista descomunal sobre a serra e o mar.

Mas há mais! Passem também pelo Moinho da Azóia, edificado em finais do século XIX, foi o moinho mais ocidental de uma rede de moinhos eólicos que existiam em vários montes virados a Sul.

O Forte de São Teodósio, a Fortaleza de Santiago, também conhecida como Forte da Marinha, a Capela do Espírito Santo dos Mareantes ou o Pelourinho.

 

Fonte: Férias em Portugal

Depois não há como ir a Sesimbra sem visitar o Cabo Espichel, que fica situado a 15 km da vila de Sesimbra e é um dos miradouros mais estupendos da costa portuguesa.

No Cabo Espichel para além de se perder o fôlego com a vista também se pode visitar o Santuário da Nossa Senhora do Cabo Espichel, o Farol inaugurado em 1790 e a capela que foi construído em 1400, em homenagem à aparição da virgem.

E por fim, é obrigatório conhecer as praias de Sesimbra!

A Praia do Cavalo (Praia do Ribeiro de Cavalo) é considerada por muitos, uma das melhores praias de Portugal, a Praia da Califórnia situada no coração turístico de Sesimbra, a Praia do Meco muito conhecida pela prática do nudismo, a Praia da Lagoa de Albufeira que integra desde 1987 a Reserva Ecológica Nacional, entre outras.

 

#5 Porto Covo

Porto Covo é uma freguesia do concelho de Sines, inserida na Costa Vicentina.

Já foi uma aldeia de pescadores, mas hoje é cada vez mais procurada pelo turismo. Não obstante estar hoje cada vez mais lotada, continua a ser um sítio incrível.

Porto Covo mora no meu coração há tantos anos que já perdi a conta.

Passava lá as minhas férias e para mim será sempre um dos sítios mais especiais.

Ruas com comércio, casas brancas com faixas azuis e o mar ao fundo fazem de Porto Covo um local mágico.

 

Fonte: Travel in Portugal

Costumo dizer que Porto Covo só é pequeno em tamanho, porque o resto é enorme!

Praias maravilhosas, paisagens incríveis, planícies alentejanas, gastronomia de babar, são algumas das mais valias desta vila.

O Largo Marquês de Pombal é o cartão de visita, a entrada para um belo passeio com o azul do mar como pano de fundo!

É frequente haver barracas de artesanato e actividades nessa zona.

E as praias? Um paraíso!

 

Fonte: Viagens e Férias

Praia Grande, Praia da Samouqueira, Praia do Serro da Águia, Praia Pequena, Praia dos Buizinhos, Praia da Foz e a Praia da Ilha do Pessegueiro.

Claro que podem sempre tentar descobrir outras praias lindíssimas, porém muito pequenas e escondidas.

A Ilha do Pessegueiro, assim como o seu forte, faz geograficamente parte do território de Porto Covo.

Só uma dica rápida: para além de um belo arroz de marisco, não deixem de comer um croissant no Marquês, fica situado no Largo Marquês de Pombal.

Garanto-vos que não se vão arrepender!

 

Já leram estes posts?

8 Dicas para SOBREVIVER ao Verão em LISBOA

Vai andar por CASCAIS em Agosto?

ALGARVE | Quinta Saleiro

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *