TravelStorys

2019 foi uma Viagem INCRÍVEL e sobretudo SURPREENDENTE!

Não saberia descrever o 2019 em outra palavra, senão incrível!

Até mais que isso, uma surpresa incrível e, por vezes… atribulado!

Ao contrário dos anos anteriores, este começou com um ritmo altamente frenético!

Se Janeiro do ano passado foi um ano de recomeçar a um ritmo mais tranquilo…

A organizar o ano com alguma calma, fechar o ano anterior, este não foi nada assim!

2019 chegou já a carregar no acelerador e confesso que está a acabar ao mesmo nível!

Diria até que em 2019 tive mais tempo a roupa dentro de malas que fora!

Entre fazer malas, organizar viagens e começar a viajar logo no início do ano, também surgia um convite improvável…

E que tal acompanhar a Volta ao Mundo do Tim Vieira com a família?

Cinco pessoas, 118 dias, 11 países… claro que sim, queremos isso no Até Já!

Fizemos do blog a casa da Família Vieira e andámos de mãos dadas com eles por 11 países:

Rússia, Mongólia, China, Japão, Vietname, Tailândia, Malásia, Singapura, Austrália, Nova Zelândia e Canadá.

E viram o quão espantoso foi? Acompanharam? Espreitem o Tim Vieira Flix!

Mas as viagens do Até Já continuavam até porque o Mundo espera pelo nosso abraço!

Podia resumir tudo a números. Números de cidades e países visitados.

Números de horas de voo. De horas em aeroportos. De horas a bordo. De horas a fazer malas…

Enfim, havia “n” números que poderia partilhar, mas não quero isso.

No ano passado, partilhámos esses números, mas este ano preferi fazer diferente.

Este ano, preferi dizer que foi, sem dúvida, o ano que mais aprendi na vida a vários níveis. Que mais me emocionei, que mais me desafiei e, sobretudo, que mais me levei ao limite.

Limite físico, psicológico e emocional. Viajar é um dos verbos mais bonitos que há.

Mas viajar também tem os seus desafios e, para mim, este ano, teve vários.

Ultrapassei várias barreiras, superei alguns medos, também apanhei um susto que jamais esquecerei (a seu tempo partilharei), despedi-me de preconceitos ridículos que tinha.

E, por este ter sido o ano que mais viajei na vida, aprendi que o respeito pelo metro quadrado de cada um é fundamental.

Todos falamos do respeito quase levianamente, como se todos o praticássemos, mas sabemos que nem sempre é assim,

E quando viajamos vemos muito isso… aliás, nem precisamos de viajar para ver isso.

O respeito pelas crenças, fé, religião, pela nacionalidade e cultura, pelo momento, pelo espaço…

Mais do que conhecer o Mundo, provar dos sabores, sentir os cheiros, sem dúvida que o respeito por cada uma das pessoas que nos cruzamos é a magia que encontramos no Mundo.

Eu sei que por ter um blog de viagens, devia ir a “todos os sítios da moda”, devia “perder” alguns momentos para fotografar aquela ou outra situação, mas perdoem-me que isso não vai acontecer.

Adoro escrever e posso partilhar isso na escrita, mas jamais irei perder um momento para tirar uma fotografia que “renda likes”.

Nem irei viajar para “picar pontos”, para me gabar que já conheço tantos e tantos países.

Até porque, aquilo que quero partilhar aqui é sempre o mais especial que consiga. E isso só acontece se eu viver os momentos.

Para mim viajar é muito simples, é observar e tentar viver um pouco do que aquele lugar tem para me oferecer.

É aprender, é viver um pouco da vida deles, é entender como se vive em tal sítio, o que se come, o que se aprende na escola…

Como funciona o sistema de saúde, quais as crenças e hábitos, qual a idade que, em média, saem de casa para viverem sozinhos.

Saber o que mais gostam de fazer, como se divertem, quais as coisas proibidas, o que ambicionam da vida, o que mais e menos gostam do país em questão…

Falar com as pessoas, nem que seja por gestos, é querer saber delas…

Enfim, para mim viajar é saber como cada um se sente no sítio onde dorme todos os dias.

E só assim entendo o Mundo. Porque só se entende o Mundo, se conhecermos as pessoas.

Obrigada por estarem desse lado, mais uma vez as vossas visitas foram o maior presente.

Espero encontra-vos aí em 2020 e temos tanto para partilhar!

Que o vosso 2020 seja repleto de dias mágicos e se der… umas viagens pelo meio!

 

 

Créditos da Fotografia: Até já!

 

 

Nota Importante:

Se alguma Agência de Viagem, Operador Turístico, empresa ligado ao sector das viagens e do turismo ou qualquer meio de difusão quiser usar este ou outro conteúdo meu, agradeço que me peçam autorização e que usem os devidos créditos.

 

 

Se quiser receber a Newsletter do Até já,  basta inscrever-se na barra lateral lado direito.

Fico feliz por estarmos mais perto!

 

 

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *