TIM VIEIRA FLIX,  Volta ao Mundo

Tim Vieira World Trip #20 | 10 Atracções Imperdíveis em Kuala Lumpur

Antecipamos o próximo País da Volta ao Mundo da Família Vieira, para falarmos da Malásia.

Vão entrar na Malásia pela porta de Kuala Lumpur!

Kuala Lumpur, o coração da Malásia, é uma cidade em constante crescimento, cheia de história e cultura.

Há tanta coisa para ver e fazer nesta capital maravilhosa.

Por isso, reuni 10 atracções completamente imperdíveis em Kuala Lumpur!

 

 

#1 Torre de Kuala Lumpur

Com 421 metros de altura, é a 7.ª torre autónoma mais alta do Mundo e a mais alta do sudeste asiático.

Foi inaugurada a 1 de outubro de 1996. Tem um restaurante giratório a 282 metros de altura, também funciona formalmente como uma torre de comunicações, um observatório de astronomia islâmico.

À noite, o edifício ganha uma vida totalmente diferente. Está sempre a mudar de cores, tornando-a apetecível para as fotografias.

 

#2 Torres Gémeas Petronas

Estas irmãs são, orgulhosamente, as gémeas mais altas do mundo.

Integram, atualmente, a lista dos 20 maiores arranha-céus do mundo.

As torres foram projetadas pelo arquiteto Cesar Pelli (falecido recentemente, no dia 19 de julho de 2019), configuradas por estrutura de aço e vedação em vidro, e desenhadas de forma a lembrar motivos encontrados na arte islâmica, um reflexo da herança muçulmana malaia.

Para mostrar como as Torres Petronas são resistentes, os bombeiros fizeram um simulacro de uma situação em que uma das torres estava a incendiar-se e transferiram 15 000 pessoas duma torre para a outra pelo passadiço (a Sky Bridge) construído entre elas.

Ao visitar a Sky Bridge, poderá apreciar toda a extensão do KLCC Park, um projeto de pulmão verde dedicado a refrescar a atmosfera urbana de Kuala Lumpur.

 

Fonte: rove.me

#3 Praça Merdeka

A Praça Merdeka (que significa independência) é o local em que a Malásia declarou a independência das forças coloniais em 1957.

Este é realmente o coração do antigo bairro colonial, onde se pode admirar o famoso relvado (que foi usado como o relvado para jogos de cricket do Selangor Club, atualmente o Royal Selangor Club).

 

#4 Cavernas de Batu

As cavernas Batu são um famoso santuário hindu localizado a menos de 13 quilómetros do centro da capital (Praça Merdeka).

A enorme formação calcária, de cerca de 400 milhões de anos, abriga três cavernas principais, com nome vindo do rio Batu, que corre pelo distrito de Gombak.

A religião hindu foi levada para o local pelos indianos durante a colonização britânica, fazendo com que muitos deles se mudassem para lá.

A caverna maior, conhecida como Catedral, com 100 metros de altura e uma entrada aberta acima, que parece receber luz divina, além de esculturas detalhadas.

 

Fonte: Goibibo

#5 Templo Thean Hou

O Templo fica um pouco mais afastado do centro, mas vale a visita com certeza.

O Templo é belíssimo e está muito bem conservado (não se trata de um templo antigo, foi aberto ao público em 1989).

O grande templo fica no topo de uma colina, oferecendo uma vista majestosa da cidade, além de sua arquitetura de tirar o fôlego, centrada na prosperidade e na sorte.

 

#6 Masjid Negara

Masjid Negara, a Mesquita Nacional da Malásia, é o símbolo nacional do Islão.

Espalhada por 13 hectares, a Mesquita Nacional é capaz de acomodar até 15 000 pessoas e é uma reminiscência da Grande Mesquita de Meca, com formas abstratas e treliça geométrica incorporada nas suas coberturas e siderúrgicas.

A sala principal de orações (Grand Hall) tem 48 cúpulas menores ao redor é, sem dúvida, a parte mais complexa da mesquita, com versos do Corão decorando as paredes.

 

#7 Tugu Negara

O Monumento Nacional é uma escultura histórica dedicada aos malaios que deram a vida pela independência da Malásia.

O Parlamento da Malásia situa-se perto desde monumento.

É o mais alto agrupamento de esculturas autónomas de bronze do mundo.

Rodeado por um belo jardim cheio de fontes e pavilhões, a área tem uma vibração fresca e pacífica.

 

Fonte: Wikipedia

#8 KL Bird Park

O maior parque de aviários na Ásia, com 20,9 acres, o KL Bird Park abriga 200 espécies de aves de todo o Mundo.

O seu conceito de voo livre permite que os pássaros voem (o que eles fazem se o tempo não estiver muito quente).

As maiores atrações são o calau gigante, flamingos dançantes e araras tagarelas.

 

#9 Museu de Artes Islâmicas Malásia

Constituído para celebrar a religião nacional da Malásia, o Museu de Artes Islâmicas da Malásia é o maior do género no sudeste asiático.

Apresenta belos artefactos e exemplos de padrões muçulmanos impressos, artesanais e arquitetónicos de obras provenientes não só do atual território da Malásia, como de diversas regiões, como a Índia, China ou o antigo Império Otomano.

 

#10 Muzium Negara

O Museu Nacional é o melhor lugar para conhecer a história da Malásia

Do Neolítico, passando pelos seus antigos reinos, pelo período colonial ou pela ocupação durante a II Guerra Mundial.

 

 

Não se esqueçam de ficar desse lado a acompanhar a Volta o Mundo do Tim Vieira com a família!

 

Até já, ou melhor… até ao próximo episódio!

 

O ponto de encontro é aqui:

Blog Até Já!

Facebook

Instagram

 

E quem quiser subscrever a Newsletter do Até Já, receberá notícias no e-mail sobre esta viagem!

Explico em baixo como se faz a subscrição gratuita.

 

Para assistir à Tim Vieira Flix – Volta ao Mundo clique aqui!

 

Nota Importante:

Se alguma Agência de Viagem, Operador Turístico, empresa ligado ao sector das viagens e do turismo ou qualquer meio de difusão quiser usar este ou outro conteúdo meu, agradeço que me peçam autorização e que usem os devidos créditos.

 

 

Se quiser receber a Newsletter do Até já,  basta inscrever-se na barra lateral lado direito.

Fico feliz por estarmos mais perto!

 

 

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *