DESTINOS,  ROTEIROS & DICAS

ÉVORA | 5 Atracções Turísticas IMPERDÍVEIS

Évora é Património Mundial pela Unesco desde 1986.

É uma cidade histórica que respire cultura.

É também a capital do Alentejo e conhecida por ser a cidade entre muralhas.

Só a título de curiosidade, Évora é uma cidade muito antiga, com mais de cinco mil anos e antigamente era chamada de Ebora de origem celta.

Foi conquistada pelos mouros e reconquistada pelos portugueses.

Em 1559 foi fundada a Universidade de Évora para servir o sul do país, hoje é considerada uma importante cidade universitária.

Évora fica localizada a cerca de 135 km de Lisboa e a 226 km de Faro.

Escolhi 5 atracções turísticas imperdíveis em Évora para partilhar convosco!

 

  1. Templo de Diana

O Templo Romano de Évora ou Templo de Diana é talvez o monumento mais conhecido de Évora!

É também o ponto principal do centro histórico da cidade. Marca a presença romana no território português.

Foi construído no Séc. I d.c. e fica localizado na praça Conde Vila Flor.

Em frente ao templo há um jardim muito bonito que merece uma visita e oferece uma vista fantástica sobre a cidade.

 

  1. Sé-Catedral de Évora

A Sé-Catedral é considerada a maior catedral medieval de Portugal.

No que toca a arquitetura, mistura elementos góticos, barrocos, românicos e manuelinos.

Foi iniciada no século XII e concluída no século XIII.

Nos séculos XV e XVI, recebeu grandes melhoramentos, datando dessa época o coro-alto, o púlpito, o baptistério e o arco da capela de Nossa Senhora da Piedade, também conhecida por Capela do Esporão, exemplar raro de arquitetura híbrida plateresca, datado de 1529.

É possível fazer uma visita (paga) ao interior da igreja, aos claustros e ao terraço. Vale muito a pena fazer esta visita!

A Sé-Catedral fica situada no Largo Marquês de Marialva.

Para saberem mais informações sobre preços e horários visitem este site.

 

  1. Capela dos Ossos

A capela dos ossos é um dos monumentos mais conhecidos em Évora, considerada por muitos o ex-libris de Évora. Fica situada na Praça 1º de Maio e faz parte da Igreja de São Francisco.

Foi construída no século XVII por iniciativa de três frades franciscanos, cujo objectivo era transmitir a mensagem da transitoriedade e fragilidade da vida humana. Essa mensagem é claramente passada aos visitantes através do aviso que está na entrada:

“Nós ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos”.

As paredes da Capela dos Ossos são revestidas com ossos e crânios humanos.

Para além das ossadas, a Capela dos Ossos, está também decorada com estátuas de cariz religioso e uma pintura estilo renascentista e barroco.

Para saberem mais informações sobre preços e horários visitem este site.

 

  1. Igreja de São Francisco

A igreja de São Francisco começou a ser construída em 1480 com uma arquitetura gótico-manuelina.

O convento de São Francisco foi a primeira casa da Ordem Franciscana em Portugal.

Dentro da Igreja de São Francisco está a Capela dos Ossos que falei em cima.

A igreja de São Francisco está profundamente ligada à história de Portugal, mais precisamente aos acontecimentos que marcaram o período da expansão marítima.

É aqui que se encontra sepultado o primeiro grande dramaturgo português, Gil Vicente (1536).

 

  1. Praça Giraldo

Em Évora todos os caminhos vão dar à Praça do Giraldo!

Foi construída em 1571/1573 e é uma homenagem a Geraldo Simões, o Sem Pavor, pois este conquistou Évora aos mouros em 1167. Em forma de agradecimento, D. Afonso Henriques nomeou-o alcaide da cidade e fronteiro-mor do Alentejo, região que ajudaria a conquistar.

Tem uma fonte de mármore em estilo barroco com uma coroa no topo.

Do lado oposto à fonte, podemos encontrar uma actual agência do Banco de Portugal.

Também na Praça do Giraldo está a Igreja de Santo Antão, mandada construir pelo cardeal D. Henrique, futuro Rei de Portugal.

A Praça do Giraldo, antiga Praça Grande de Évora foi considerada como Monumento Nacional em 1910, o seu pavimento é construído por calçada portuguesa.

Por baixo das arquitetonicamente belas arcadas encontram-se vários tipos de comércio!

Esta praça merece uma visita de dia e de noite, merece que nos sentemos numa esplanada, apreciemos um vinho alentejano e que respiremos Évora. Adorei a praça!

 

Podem ler mais de Évora aqui:

Um dia em Évora

 

GuardarGuardarGuardarGuardarGuardarGuardar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *