DESTINOS

Um dia em ÉVORA

Nunca tinha estado em Évora, sem ser a trabalho e que mal dá para olhar para onde quer que seja.

No dia que fui estava frio, muito frio.

Mas o sol apareceu, iluminou e aqueceu-me rapidamente.

Évora tem aquela luz própria, fica no coração do Alentejo e está tudo dito.

Tem contrastes de cor por todo o lado.

As casas brancas, os azulejos, as flores, o verde intenso dos jardins.

Parece uma cidade de filme, toda muito arranjadinha e limpinha.

Foi considerada património mundial pela Unesco em 1986, e segundo dizem é uma cidade-museu, cujas raízes datam dos tempos dos romanos.

Não consegui passear por todos os sítios que pretendia, porque fui me encantando por pormenores únicos desta cidade, como as ruas, as muralhas, os jardins e, quando dei por mim, estava na hora de regressar.

Mas com a certeza que voltarei!

Visitei o Templo de Diana, lanchei e dancei na Praça do Giraldo, arrepiei-me na Sé Catedral, na Igreja de São Francisco e na Capela dos Ossos, desfilei no Jardim Público e… farteime de comer e até beber!

Come-se tão bem em Évora… fujam a tempo!

Évora tem um encanto muito especial por isso é difícil não nos encantarmos por esta cidade entre muralhas.

 

Fiquem atentos que partilharei mais de Évora aqui no blog!

 

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *