CRUZEIROS,  DESTINOS

CRUZEIRO DUBAI + GOLFO PÉRSICO | As 3 coisas que não me faziam querer fazer esta viagem, foram as que mais gostei!

Acho que já partilhámos tudo o que precisam saber para fazer um Cruzeiro ao Dubai + Golfo Pérsico.

A seguir vai sair o Post Índice, onde podem ver tudo com linkado e organizado.

Porém, eu não poderia fechar este destino sem dizer as 3 coisas que mais me surpreenderam, visto serem exactamente as mesmas 3 que me faziam torcer o nariz em relação a este destino.

Não querendo desculpar qualquer tipo de preconceito, quero apenas dizer que viver no lado Ocidental do Mundo é vivermos bombardeados de notícias ou, até mesmo, de ficção “hollywoodesca” sobre as pessoas que usam “lenços e burcas”.

E é, por isso, que venho assumir que tive muitas reticências em fazer este cruzeiro por ter um tipo de preconceito que me foi chegando da televisão, dos filmes e, inevitavelmente, de alguma realidade, não sendo, de todo, a generalidade principalmente nos destinos onde estivemos neste cruzeiro.

 

 

PESSOAS

Eu achei que as pessoas seriam fechadas, pouco amáveis, com ar agressivo, que teriam uma vida muito diferente da nossa (ocidental), que as mulheres seriam mal tratadas, enfim… Achei muito e muito errado.

O que eu encontrei na verdade? Pessoas simpáticas, afáveis, inteligentes, bonitas, educadas, bem-humoradas e, principalmente, sem qualquer tipo de preconceito face aos Ocidentais!

Dão muito valor à formação, estudam várias línguas, o Estado incentiva o estudo. Encontrei raparigas de 21 anos a falarem 4 línguas ou estudarem arquitectura e literatura ao mesmo tempo.

Em Omã a escolaridade é gratuita até ao fim do secundário e o estado financia bolsas para os melhores alunos continuarem os estudos em universidades locais ou estrangeiras.

As mulheres são umas “divas”, muito bem tratadas, bonitas e, principalmente, respeitadas, arriscaria até dizer que quem manda lá em casa são elas!

E no geral, são pessoas muito bonitas e arranjadas.

Também em Omã a igualdade de ordenados entre homens e mulheres fazendo a mesma função é uma realidade.

 

 

SEGURANÇA

Esta era outra questão que me bloqueava a viajar para estes destinos, a segurança.

Mais um “achismo” que me saiu ao lado! Completamente ao lado!

Senti-me segura em todos os sítios onde estive. Ao início ainda estava com os alertas acessos, mas depois já nem me lembrava mais dessa questão.

As leis são muito apertadas e, ao contrário de cá, que temos uma justiça demasiado benovelente, lá é ao contrário, as penas são muito pesadas para qualquer tipo de crime.

E, na verdade, nas zonas onde estive, não vi ninguém que tivesse necessidade de assaltar.

São países com enorme poder de compra, por isso, não têm motivos para assaltar.

Em Omã há 0% de criminalidade.

 

 

LIMPEZA DAS CIDADES

Não que eu seja a pessoa mais “nojenta” à face da terra, mas não gosto muito de estar em locais muito sujos.

Não gosto de andar a tropeçar em lixo, apesar de saber que, infelizmente, existem realidades assim.

Nos locais em que estive nos Emirados, em Omã, no Bahrain e no Qatar não se passa nada disso.

Os locais são arejados, o branco dos edifícios dá uma luz incrível, as ruas são limpas, mesmo com muitas zonas em obras (de desenvolvimento e crescimento urbanístico), não há lixo nas ruas.

É frequente encontrar os templos, enormes jardins sempre lindos e limpos.

Por exemplo, em Omã, Muscat é considerada a 2ª cidade mais limpa do Mundo.

 

Reitero que refiro-me aos locais onde estive quando fiz o Cruzeiro ao Dubai + Golfo Pérsico e por isso, só posso falar da minha experiência nesses locais.

 

PORQUE PARTILHO ESTE POST?

Por uma razão muito simples. Por vezes partilhamos os nossos preconceitos em voz baixo dentro do nosso círculo de amigos.

Eu, assumo que os tinha e quando falei sobre este cruzeiro com algumas pessoas, foi exactamente o que me disseram: pessoas, segurança e limpeza.

Por isso, acredito que não serei a única a ter esse tipo de estigma enviesado pelo que nos chega.

Porém, haverão sítios diferentes, tudo o que escrevi é somente dos destinos onde estive e partilhei convosco.

Uma coisa posso dizer, raramente quero voltar a repetir um destino e a rota deste cruzeiro ficou-me de tal maneira no coração, que facilmente o repetiria.

 

Depois deste post, sairá o Post Índice e o próximo destino já está quase a vir aí!

 

 

Créditos das Fotografias: Até já!

 

 

Para entrarem a bordo deste cruzeiro e seguir todos os posts, é aqui que os encontram:

CRUZEIRO DUBAI

 

 

Nota Importante:

Se alguma Agência de Viagem, Operador Turístico, empresa ligado ao sector das viagens e do turismo ou qualquer meio de difusão quiser usar este ou outro conteúdo meu, agradeço que me peçam autorização e que usem os devidos créditos.

 

 

Se quiser receber a Newsletter do Até já,  basta inscrever-se na barra lateral lado direito.

Fico feliz por estarmos mais perto!

 

 

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *