TIM VIEIRA FLIX,  Volta ao Mundo

Tim Vieira World Trip #49 | CANADÁ e o Património Mundial da UNESCO

Não é 1, nem 2 e nem tampouco 3, mas sim 20os locais classificados como Património Mundial pela UNESCO no Canadá.

Já sabemos que o Canadá fica na América do Norte e que é ligeiramente maior que os EUA.

Também sabemos que é o 2.º maior país do Mundo, ficando apenas atrás da Rússia.

E muitas mais curiosidades que iremos falar no próximo post, hoje vamos falar dos 18 locais classificados como Património Mundial pela UNESCO.

 

#1 PARQUE NACIONAL DE NAHANNI (1978)

Este incrível parque fica localizado a sudoeste dos Territórios do Noroeste.

O nome “Nahanni” provem do idioma do povo indígena Dene, antigos habitantes da região e significa “Espírito”.

 

#2 PARQUE HISTÓRICO NACIONAL DE L’ANSE AUX MEADOWS (1978)

É um local arqueológico no extremo norte da ilha de Terra Nova.

Aqui, em 1960, foram encontrados restos de uma vila viking.

L’Anse aux Meadows

Fonte: ancient.eu

#3 PARQUE PROVINCIAL DOS DINAUSSAUROS (1979)

Localiza-se na província de Alberta e tem algumas das mais importantes descobertas paleontológicas do Mundo, em particular, umas 60 especiais que representam sete famílias de dinossauros. Algumas destas descobertas tem 75 milhões de anos.

 

#4 KLUANE/WRANGELL-ST ELIAS/BAÍA GLACIER/TATSHENSHINI-ALSEK (1979, 1992, 1994)

É um conjunto de parques localizados no Canadá e nos EUA, na fronteira de Yukon, Alasca e Colúmbia Britânica.

Foram declarados como Património Mundial da UNESCO pelas lindíssimas paisagens, baia de glaciares bem como por ser o habitat de ursos-cinzentos, renas e carneiros-de-dail.

 

#5 SGANG GWAII ILHA ANTONY (1981)

Localiza-se nas Ilhas da rainha Carlota, na Colúmbia Britânica.

Foi habitada durante dois mil anos pelo povo haida.

 

#6 PRECIPÍCIO DE BISONTES DE HEAD-SMASHED-IN (1981)

Localiza-se no sudoeste de Alberta. Os indígenas conduziam manadas de búfalos para este precipício, para eles caírem e morrerem. Em Head-Smashed-In este era o método utilizado desde há 5 700 anos para matar gado.

Head-Smashed-In é um local espiritual muito importante para os Blackfoot.

Head-Smashed-In

Fonte: wikipedia

#7 PARQUE NACIONAL DE WOOD BUFFALO (1983)

Está localizado no norte da província de Alberta. Foi estabelecido em 1922 e tem uma área de 44 807 km2, sendo o maior parque do Canadá em extensão.

Este parque foi criado para proteger o maior rebanho livre de bisontes do Mundo.

 

#8 PARQUES CANADIANOS DAS MONTANHAS ROCHOSAS: PARQUE NACIONAL JASPER, PARQUE NACIONAL KOOTENAY, PARQUE NACIONAL DE BANFF, PARQUE NACIONAL YOHO (1984, 1990)

O Parque Nacional Jasper é o maior e mais setentrional parque nacional do Canadá nas Montanhas Rochosas e está localizado em Alberta.

Tem uma vasta vida selvagem como ursos, alces, veados, carneiros das montanhas, coiotes, renas, entre outros.

Neste parque situa-se a mais alta montanha de Alberta.

O Parque Nacional Kootenay está localizado nas Montanhas Rochosas e também possui uma abundante vida selvagem, como ursos pardos e negros, alces, carneiros selvagens, lobos, pumas, veados, marmotas, linces, entre outros.

O Parque Nacional Banff é o mais antigo parque do Canadá (criado em 1885) e está localizado nas Montanhas Rochosas. É um terreno montanhoso, com inúmeros campos de gelo, densas florestas, paisagens alpinas.

O Parque Nacional Yoho tem várias quedas de água e mais de 28 picos com mais de 3 000 metros de altitude. O nome Yoho vem do povo indígena Cree e significa “temor e maravilha”.

 

#9 BAIRRO HISTÓRICO DO QUEBEC (1985)

Quebec foi fundada pelo explorador Champlain no século XVII e está preservada com casas, monumentos, igrejas intactas.

Quebec

Fonte: Culture Trip

#10 PARQUE NACIONAL DE GROS MORNE (1987)

Fica localizado na costa oeste da Terra Nova.

É o maior parque nacional da parte atlântica do país, o seu nome vem da segunda montanha mais alta da Terra Nova, cuja altitude é de 800 metros.

 

#11 PARQUE INTERNACIONAL DA PAZ WATERTON-GLACIER (1995)

Em 1932 o Parque Nacional Waterton Lakes (em Alberta) foi agrupado com o Parque Nacional Glacier (em Montana) para formar o primeiro Parque Internacional da Paz do mundo.

 

#12 CIDADE ANTIGA DE LUNENBURG (1995)

Situa-se na Nova Escócia e foi fundada em 1753, em honra do rei da Grã-Bretanha e Irlanda – Jorge II.

É um dos melhores exemplos de planeamento das colónias britânicas na América do Norte.

 

#13 PARQUE NACIONAL DE MIGUASHA (1999)

É uma área protegida perto de Carleton-sur-Mer, por causa dos fósseis e tem cerca de 87,3 hectares.

Miguasha National Park

Fonte: link.springer

#14 CANAL RIDEAU (2007)

Este canal está localizado em Ontário e corta a cidade de Ottawa, a capital do Canadá.

É um dos mais importantes pontos turísticos da cidade.

 

#15 FALÉSIAS DE FÓSSEIS DE JOGGINS (2008)

Estão situadas na comunidade rural de Joggins, no oeste do Condado de Cumberland, na Nova Escócia.

São famosas pela sua extensa colecção de fósseis de aproximadamente há 300 milhões de anos.

 

#16 PAISAGEM DE GRAND-PRÉ (2012)

A Paisagem de Grand-Pré é um parque criado a fim de comemorar o Grand Pré, uma região da Nova Escócia.

 

#17 ESTAÇÃO BALEEIRA BASCA DE RED BAY (2013)

É uma cidade da Terra Nova e Labrador, formada pela ligação histórica nacional de Red Bay, um local arqueológico sobre a principal estação baleeira basca da região no século XVI.

 

#18 MISTAKEN POINT (2016)

Está localizado na ponta sudeste da ilha de Terra Nova.

É um penhasco com 17 m que possui cerca de 570 milhões de anos com fósseis encontrados no local.

Mistaken Point

Fonte: newfoundlandlabrador

#19 PIMACHIOWIN AKI (2018)

Pimachiowin Aki significa “Terra que gera a vida” na língua ojíbua.

É uma reserva de biosfera localizada na Floresta Coreal do Canadá.

 

#20 WRITING-ON-STONE/ÁÍSÍNAI’PI (2019)

As inscrições espirituais de arenito do povo Blackfoot estão espalhadas pelas colunas de rocha, no vale do Rio Milk, nas Grandes Planícies, perto da fronteira do Canadá com os EUA.

 

Nota: esta lista está actualizada com dados retirados da internet até Setembro de 2019.

 

 

Créditos da fotografia de destaque: gypsyguide

 

Não se esqueçam de ficar desse lado a acompanhar a Volta o Mundo do Tim Vieira com a família!

 

Até já, ou melhor… até ao próximo episódio!

 

O ponto de encontro é aqui:

Blog Até Já!

Facebook

Instagram

 

E quem quiser subscrever a Newsletter do Até Já, receberá notícias no e-mail sobre esta viagem!

Explico em baixo como se faz a subscrição gratuita.

 

Para assistir à Tim Vieira Flix – Volta ao Mundo clique aqui!

 

Nota Importante:

Se alguma Agência de Viagem, Operador Turístico, empresa ligado ao sector das viagens e do turismo ou qualquer meio de difusão quiser usar este ou outro conteúdo meu, agradeço que me peçam autorização e que usem os devidos créditos.

 

 

Se quiser receber a Newsletter do Até já,  basta inscrever-se na barra lateral lado direito.

Fico feliz por estarmos mais perto!

 

 

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *