ROTEIROS & DICAS

24 Curiosidades (algumas bem ESTRANHAS) de Marrocos

E as emoções do Mundial 2018 estão ao rubro!

Têm acompanhado?

Confesso que apesar de não ser a pessoa que mais vibra (ou entenda) de futebol, este tipo de competições inquieta-me!

E hoje, Portugal vai defrontar Marrocos.

Conheço Marrocos, mas acho que preciso ir mais uma vez para me render.

Faltou-me qualquer coisa para criar relação com este País tão misterioso quanto colorido.

Mas não desisti e qualquer dia volto lá.

Para conhecermos melhor a selecção que hoje vai jogar com Portugal andei a pesquisar 24 curiosidades para partilhar convosco!

 

#1 Rezar

Na sua maioria, os marroquinos tem o hábito de rezar cinco vezes por dia.

O chamamento dos fieis é feito a partir dos minaretes das mesquitas.

 

#2 Álcool

Marrocos é um grande produtor de vinhos.

Porque o álcool é proibido pelo Islão, a venda só é permitida a turistas.

Consumir álcool na rua é considerado um sinal de desrespeito e é mal visto.

Mesmo com a restrição do consumo, Marrocos é um dos países que mais exporta vinho e cerveja. Quase toda a produção é para exportação ou para locais virados para o turismo, como hotéis e restaurantes.

 

#3 Universidade

Marrocos tem a universidade mais antiga em funcionamento do mundo.

Foi fundada pela muçulmana Fatima al-Fihri em 859.

A universidade chamada Al Qarawiyyin foi fundada na cidade de Fez e é tida como a Universidade mais antiga no Médio Oriente e do Mundo.

E curiosamente, apesar de ter sido fundada por uma mulher, só recentemente é que estas começaram a ser aceites como estudantes desta universidade.

 

#4 Chá

Os marroquinos adoram chá!

Marrocos é conhecido por ser o maior importador de chá verde do mundo, proveniente da China.

Os marroquinos gostam de beber chá verde de hortelã antes e depois das refeições.

 

#5 Açúcar

Os marroquinos são amantes de açúcar, não só para colocarem no chá, mas gostam muito de doces, tornando-os no país africano com maior consumo per capita de açúcar do mundo.

 

#6 Religião

É comum acharmos que a religião em Marrocos é totalmente islâmica, porem, não é bem assim.

De facto, o islamismo é a religião dominante, mas segundo um estudo recente de 2017, 1,1% da população é cristã e 0,7% praticam o judaísmo.

Sendo assim, 98% da população são islâmicos.

E por muito rígidos que seja relativamente aos costumes e tradições, Marrocos é um pais sem preconceitos religiosos.

Em Marrakech existe uma igreja católica dentro de uma medina em frente a uma mesquita, que é totalmente respeitada.

 

#7 Fotografia

Os marroquinos não gostam que lhes tirem fotografias.

Tirar fotografias sem pedir autorização é um sinal de desrespeito.

 

#8 Bandeira

O pentagrama ou estrela, chamado de “Selo de Salomão”, no meio da bandeira simboliza saúde, sabedoria e vida.

A sua cor verde é a cor da religião islâmica.

 

#9 Europa

Marrocos fica apenas a 13 km da Europa, separado da Espanha pelo estreito de Gibraltar.

As cidades de Ceuta e Melila, são cidades que pertencem a Espanha, mas que estão situadas no território de Marrocos.

 

#10 Capital

Rabat é a capital de Marrocos.

Não é a cidade mais conhecida, nem tão pouco a mais populosa, como Casablanca.

Rabat teve sua origem em 40 a.C. sendo antigamente um assentamento romano. A Capital possui uma população que gira em torno de um milhão e meio de habitantes.

 

#11 Homens de mão dada

É normal encontrar homens marroquinos a passear de mão dada ou a darem um beijinho, dizem que é símbolo de amizade.

 

#12 Idioma

Marrocos tem duas línguas oficiais e várias não-oficiais. As oficiais do país são o Árabe Clássico e o Berbere, porém, existem dezenas de outras faladas no país.

Têm também a presença da língua espanhola e francesa.

Para venderem eles falam qualquer idioma! Mas preferencialmente optam por falar francês com os turistas.

Quem aprende francês em boas escolas tem mais hipóteses de conseguir um bom emprego em multinacionais.

 

#13 Sem preço

Em Marrocos tudo é negociável, não há preços fixos.

Nos Souks (famosos mercados de rua) não há preço escrito em algum produto, porque o vendedor gosta de fazer um preço no momento.

E cabe ao comprador saber regatear!

 

#14 Talheres

Em Marrocos é comum comer com as mãos.

Mas, o correcto é usar sempre a mão direita, visto que a mão esquerda é considerado mau tom.

 

#15 Ramadão

Em Marrocos, durante 29 ou 30 dias, comemora-se o Ramadão.

O ramadão é um ritual que obriga a um jejum que consiste em comer e beber só após o pôr-do-sol.

 

#16 Fígado

Em Marrocos, o fígado é o símbolo do amor e não o coração.

Para os marroquinos, o fígado é símbolo do amor porque está atrelado ao bem-estar que ele proporciona quando saudável.

“Conquistaste o meu fígado”, é considerado uma verdadeira declaração de amor.

 

#17 Pão

Em Marrocos o pão é um alimento muito respeitado e muito consumido.

É totalmente proibido mandar o pão para o lixo, os restos são utilizados para alimentar o gado.

O consumo médio de pão por pessoa anual é de 100 kg, o que dá uma média diária de 300 gramas.

As refeições são acompanhadas com azeitonas e pão.

 

#18 Rei

Marrocos tem um Rei, Maomé VI.

É uma monarquia constitucional com um parlamento eleito democraticamente e o poder executivo é exercido pelo primeiro-ministro (Saadeddine Othmani).

 

#19 Gatos e Cães

Em Marrocos é normal encontrarmos gatos por todo o lado.

Já por sua vez, não se vêm cães em lado nenhum, uma vez que o cão é considerado um animal impuro no islamismo.

 

#20 Neve

Sabemos que Marrocos é um país africano muito quente, mas, apesar disso, há uma zona que neva!

É no Parque Nacional de Toubkal, que fica em Marraquexe.

 

#21 Cumprimento

Sempre que cumprimentarmos um marroquino, tem que ser com a mão direita, porque a esquerda está associada às tarefas de higiene e, por isso, não é boa ideia!

 

#22 Carne

Tal como o chá, também a carne tem um papel muito importante na cultura dos marroquinos.

Recusar carne é considerado ofensivo por parte dos convidados.

 

#23 Oração

Quando os marroquinos convidam para almoçar ou jantar, os convidados devem em primeiro lugar lavar as mãos e esperar que o dono da casa tenha feito a oração “bismillah” e só depois começar a comer.

 

#24 Camelos

Para os marroquinos é normal tentarem trocar camelos por mulheres.

Principalmente se elas forem loiras, visto que é uma raridade por lá.

 

Conheciam estas particularidades do povo de Marrocos?

Eu confesso que a maioria delas, desconhecia completamente!

 

Créditos da fotografia: Walldevil

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *