TravelStorys

Palavras em tempo de pandemia #3 | É esse AMOR que nos vai salvar |

Itália foi talvez um dos países que mais cidades visitei (a seguir a Portugal).

É também um dos países que mais gosto.

Aliás, há poucas coisas que não goste em Itália.

Até o mau feitio (de alguns) italianos tem a sua graça, dentro do contexto deles!

Podia contar aqui sobre o dia que me apaixonei por Veneza.

Ou o quão me identifico com Milão.

E Nápoles com aquelas ruas que me lembram sempre os filmes da Máfia…

Ou Génova… sei lá, tinha tanto para falar sobre Itália, mas vou escolher Roma.

Roma não me conquistou ao primeiro encontro. Voltei.

Fui voltando e fui-me encantando. Já lá fui várias vezes.

E a última vez que fui no fim de 2019, Roma continuava especial.

Nesta viagem vi o Papa. Assisti no Vaticano à missa dele.

Estava um dia lindo de sol.

Todos esperávamos que Ele aparecesse à janela.

Apareceu, acenou e disse muitas coisas.

Falava em amor. Em paz. Em saúde.

Falava que tínhamos que derrubar muros para abraçar o próximo.

Falava em proximidade. Em união.

Pedia que déssemos as mãos.

E todos os que estávamos naquela praça a ouvir, sentimos cada palavra.

Abraçámos os nossos com a certeza que a resposta para a dor, será sempre o amor.

Hoje, e esmiuçando de forma literal o discurso do Papa Francisco não faria sentido.

Numa fase que os abraços podem ser armas, não se pode falar em proximidade.

Mas há uma coisa que se mantém sempre.

O AMOR. E é esse amor que nos vai salvar.

Sei que nunca mais vou encontrar Itália como tantas vezes a vi, mas acredito que o AMOR os vai salvar.

A eles, a nós, a todos.

 

 

 

#TudoVaiPassar

#FicarEmCasa

 

Fotografia:

Créditos: Até já

Roma, Itália

Dezembro, 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *