CRUZEIROS,  DESTINOS,  ROTEIROS & DICAS

CRUZEIRO DUBAI + GOLFO PÉRSICO | QATAR e os seus 10 IMPERDÍVEIS

E chegámos ao Qatar, o país que vai receber o próximo Mundial de futebol.

É frequente dizer isto, mas quem para quem só agora “embarcou”, estamos a bordo de um Cruzeiro pelos Emirados Árabes Unidos, Bahrain, Qatar e Omã.

Para terem já uma noção da rota, podem espreitar o post aqui:

CRUZEIRO Emirados Árabes Unidos

 

 

#1 MUSEU DE ARTE E CULTURA ISLÂMICA

Como o próprio nome já diz, o museu é composto por diversas obras de arte que contam um pouco da história e da cultura do Islamismo. 

A entrada é gratuita – é o mais espectacular museu gratuito que já entrámos em todo o Mundo –  e o lugar é, simplesmente, maravilhoso.

Seja pela arquitectura do espaço, pelo espólio exibido ou pela vista sobre a baía e os arranha céus.

Foi desenhado pelo famoso arquitecto I. M. Pei, o mesmo autor da Pirâmide do Museu do Louvre, em Paris.

 

 

#2 SOUQ WAQIF e FALCON SOUK

Passeie pelos mercados, que são incríveis.

É como passear pelo filme do Aladino. 

Vai encontrar de tudo, souvenirs, especiarias, tecidos, roupas… 

Se tiver um pouco mais de tempo disponível, vale a pena sentar em um dos café para tomar um típico chá catari enquanto observa o movimento.

 

 

#3 MONUMENTO – THE PEARL

Antes da descoberta do petróleo, a economia de Doha era suportada, principalmente, pela pesca e pelo comércio de pérolas. 

Por isso, a pérola é um dos símbolos do país e esse monumento está estampado em vários dos souvenirs que pode encontrar no Mercado Souq Waqif.

 

#4 CORNICHE E SKYLINE

Depende muito do meio de transporte utilizado. 

Se estiver de carro é possível ir parando ao longo da avenida nos melhores pontos para fazer fotos. 

Se estiver a pé pode ser uma longa e cansativa caminhada, uma vez que a Corniche tem cerca de 7 kms, divida em três partes: a Corniche Park & Promenade, a Corniche Street e a zona do governo. 

Ao longo da Corniche poderá apreciar vários arranha-céus como a Tornado Tower Dusk, ou a Doha Tower (também conhecida por Burj Doha) – o prédio mais brilhante e que muda de cor durante a noite – da autoria do arquitecto francês Jean Nouvel.

 

 

#5 PASSEIO DE DHOW

Ao longo da Corniche existem vários barcos tradicionais de madeira, conhecidos como Dhow.

Muitos destes barcos são uma autêntica discoteca marítima.

Durante a noite, é habitual ver barcos repletos com gente a dançar e a aproveitar o momento ao som de música de estilo duvidoso – e luzes coloridas.

Estes barcos estão estacionados junto do Museu de Arte Islâmica e as viagens podem demorar entre uma e duas horas.

 

 

#6 ILHA ARTIFICIAL – THE PEARL

The Pearl é uma ilha artificial, bem ao estilo do que se encontra no vizinho Dubai.

Tem quase 4 km2 e foi a primeira terra no Qatar a estar disponível para propriedade por estrangeiros. 

A ilha está localizada a 350 m da costa da área de West Bay Lagoon, em Doha.

 

 

#7 VILLAGIO SHOPPING MALL

O Villagio Shopping Mall é um dos maiores shoppings da cidade pode ser visitado numa hora, dependendo das intenções de compra claro!

 

 

#8 ALDEIA CULTURAL

A vila ou aldeia cultural de Doha (Katara) é mais um local fascinante, com biblioteca, anfiteatro (ao estilo grego), ópera, galerias de arte, restaurantes e espaços verdes.

Esta aldeia cultural está junto ao mar, pelo que pode aproveitar também para ir à praia.

 

#9 AL SHAHANIYA RACETRACK

Esta corrida de camelos acontece fora da cidade. 

Deve contar, no mínimo uma hora para ir e outra para voltar, além do tempo que quiser permanecer no local.

Os camelos treinam diariamente por volta das 9h00 da manhã.

 

 

#10 AL ZUBARA

É uma cidade em ruínas e abandonada, situada na costa ocidental do norte do Qatar, a cerca de 105 kms da capital Doha. 

Foi fundada por comerciantes kuwaitianos em meados do Século XVIII, destruída em 1811 e abandonada em 1900.

É o sítio arqueológico mais importante do país, que compreende a cidade fortificada, um porto, um canal marítimo, duas muralhas, o Forte Murarir e Zubara.

A UNESCO inscreveu Al Zubarah como Património Mundial por “testemunhar uma tradição urbana e de cultivo de pérolas que sustentou a região e levou ao desenvolvimento de pequenos estados independentes que floresceram sem o controle dos Impérios Otomano, Persa e Europeu e, eventualmente, levou ao aparecimento dos modernos estados do Golf.

 

 

Créditos da Fotografia: Até já!

 

 

Para entrarem a bordo deste cruzeiro e seguir todos os posts, é aqui que os encontram:

CRUZEIRO DUBAI

 

 

Nota Importante:

Se alguma Agência de Viagem, Operador Turístico, empresa ligado ao sector das viagens e do turismo ou qualquer meio de difusão quiser usar este ou outro conteúdo meu, agradeço que me peçam autorização e que usem os devidos créditos.

 

 

Se quiser receber a Newsletter do Até já,  basta inscrever-se na barra lateral lado direito.

Fico feliz por estarmos mais perto!

 

 

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *