Sem categoria

O que trouxe da última viagem?

A minha última viagem foi uma viagem de coração cheio!

Por vários motivos.

Primeiro porque era um destino que eu queria muito fazer.

Depois porque quase foi cancelada por um problema de saúde que tive pouco tempo antes e o facto de ter conseguido ir foi uma tremenda vitória.

E, por fim, porque nunca estive num sítio tão mágico na vida.

Sobre essas coisas todas, vou falar aqui no blog, a seu tempo, post por post para perceberem a magia desta viagem.

Mas o que quero hoje falar é das pessoas que conheci nesta viagem.

Tenho tido a sorte de conhecer pessoas extraordinárias nas viagens que faço.

E esta não foi diferente!

Conheci pessoas maravilhosas.

Dois casais, duas gerações.

Já por várias vezes partilhei no meu outro blog (podem conhece-lo aqui: O Fabuloso Destino de Maria Amélia) que sou fascinada por pessoas mais velhas, porque vejo-as sempre como enciclopédias da vida.

E confesso que ver um casal na casa dos 70 anos a viajar, a divertir-se, a aproveitar a vida, a fazer-me rir, a contar tanto sobre tudo me deixa muito mais rica.

Muito mais completa e com uma vontade tremenda de chegar a essa idade assim!

As partilhas incríveis de uma vida cheia, onde nem tudo foi bom, porque nunca é, mas que com jeitinho tudo corre bem, no ir sem medos, no arriscar, no saber viver.

O olhar, o sorriso, os beijinhos e a cumplicidade fez-me sentir que o meu objectivo de vida é esse.

É eu saber que, quando me ausentar, alguém me vai procurar.

Saber que quando tudo abanar, alguém vai lá estar para me emparar.

Que quando eu tiver medo, alguém me diz para não ter temer e vai comigo.

Que quando eu ficar muito insuportável, alguém vai saber me aturar.

E que o sentido de humor nunca nos vai faltar.

Quando for grande, quero ser assim!

Vim desta viagem com essa certeza, vim muito mais rica, trouxe no coração pessoas que, apesar de só ter estado pouco mais de uma semana, quando regressei senti saudades.

Quatro pessoas diferentes entre si, mas incríveis no conjunto.

Viajar também é isto, é muito mais que conhecer o mundo, é partilhar um gosto comum, o de desbravar o mapa, mas de nos darmos a oportunidade de dividirmos a vida com quem nos cruzamos.

E, por vezes, há surpresas maravilhosas e eu tenho tudo muita sorte com essas surpresas.

Obrigada aos quatro por terem sido uma companhia maravilhosa!

E até já!

 

Créditos da fotografia: Jacek Dylag

 

Já me seguem nas redes sociais?

Facebook | Instagram

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *